Morreu António Feio: funeral é no sábado, 31 de julho

 
O actor e encenador português faleceu esta quinta-feira, 29 de julho, cerca das 23h30, aos 55 anos, sem ter conseguido “dar cabo do bicho”.
 
 
António Feio faleceu às última horas de quinta-feira (29 de Julho) depois de intensa luta contra o cancro do pâncreas. Ao longo dos últimos meses, nunca deixou de falar na doença, na televisão ou no Facebook, e apelou: “Não deixem nada por dizer, nada por fazer”.

 

Com uma longa carreira no teatro, e também na televisão, no cinema e na rádio, António Feio morreu no Hospital da Luz, em Lisboa, cerca das 23h30.
O corpo do ator vai estar no Palácio Galveias, em Lisboa, a partir das 18h30 desta sexta-feira, 30 de julho. O funeral é sábado, 31 de julho, no cemitério dos Olivais, às 16h00.

António Feio nasceu em Lourenço Marques, Moçambique, há 55 anos, mas ficaria célebre em Lisboa.

A sua carreira é imensa, sendo famoso desde os tempos da primeira telenovela portuguesa, Vila Faia, até às célebres Conversas da Treta, em parceria com José Pedro Gomes. Lutava por um teatro independente e por isso não pedia subsídios.

A morte de António Feio tem sido lamentada por numerosos colegas de ofício e admiradores. À RTPN, Herman José afirmou: “Não consigo imaginar a dor de José Pedro Gomes neste momento, porque eles funcionavam os dois como um só organismo. Não faz sentido que tão boa pessoa morra assim”.

 

 

Fonte: Blitz